Friday, August 31, 2007

Adivinhações Lda & Avisos à Navegação 2 - O definitivo! (Ou não)

Em certo e determinado sítio, a certa e determinada hora...

...estava eu com determinada pessoa, quando me viro para essa pessoa, e lhe digo...


..."Quem tu querias encontrar agora era a/o *****!" e sorrio, tom brincalhão e provocador.

Dois segundos depois, vimos aparecer, em sentido contrário, e passo célere, o/a ***** , ao virar da esquina!

Moral da história: e eu que hoje era para ter ido jogar no Euromilhões... Bolas! Esqueci-me! Ainda irei a tempo do Totoloto?

Moral da história 2: Caso a minha opção profissional não vingue, ganhei um ramo alternativo. Professor Exc, vidente, livra maus olhados, cura problemas de amor, saúde, trabalho, família, impotência, frigidez, "chatos", caspa, constipações e gripes. Tomar dois a seguir às refeições. :P

----------------------


E com esta bonita e edificante história, desejo-vos um excelente fim de semana e até um dia destes. :)

Sério: se nos próximos tempos, me virem escrever aqui, ou noutros sítios do género... tendo em conta o que tenho pela frente... é MUITO mau sinal.

Também, quem aqui me segue, e me é mais próximo, tem outros meios de contacto, que se mantêm, e os quais seguirei.

Já quem acompanhar isto numa dinâmica "Janela Indiscreta"... Eh pah, façam lá apostas entre vocês: "Como será o próximo post do Excelsior? Será a dizer coisas género quadragésima-qualquer-coisa, ou estilo naves a explodir, e não sei quê?"


Até pode ser divertido...

...ou não. Tchau, pessoal. :) Até ao meu regresso.

Te invoco...!

Nesta hora, nesta altura, neste tempo...

...Cego, humilde, ouso...

...Invocar o Primeiro Raio!



AUM!

Harmony, before Oblivion



Within Temptation
"Mother Earth"


Birds and butterflies
Rivers and mountains she creates
But you'll never know
The next move she'll make
You can try
But it is useless to ask why
Cannot control her
She goes her own way

She rules until the end of time
She gives and she takes
She rules until the end of time
She goes her own way

With every breath
And all the choices that we make
We are only passing through on her way
I find my strength
Believing that your soul lives on
Until the end of time
I'll carry it with me

Once you will know my dear
You don't have to fear
A new beginning always starts at the end
Until the end of time
She goes her own way


-------------------------------------


Na Alvorada, por instantes...


...a minha consciência, vagou...
...ao sabor de Verdes, de aromas, de aragens.
No raiar de um sol, a minha percepção tocou...
...um sem fim de intensas Imagens!...

...

Hoje acordei ao sabor de uma Dádiva de Força. Pretendo usá-la. Mesmo que tal me vote a um (quase) total silêncio.

Seja.

Wednesday, August 29, 2007

Seja.

Parece que afinal, é às sombras que pertenço, são elas que o meu ser, a minha existência, incontornavelmente, invoca, assume em mim e ao meu redor.

Não há Chama que valha. Que no fundo, nada mais faça que adiar por momentos o inevitável.

Tudo bem. Aceito. "Abraço" essa constatação. Essa realidade. As consequências. E o resto que arda no Inferno. Se for para lá que eu acabe por ir.

Simplifica tudo.

Oferta de Cargo

Prezada e amiga Jasmim:

Venho por este meio, oficialmente, oferecer-lhe o cargo de Comentadora Residente deste humilde estaminé, agora que a anterior ocupante do cargo se retirou de licença sabática, com fim incerto.

Acumularia esse cargo com a posição de Zeladora deste blog, cargo que já tem vindo a desempenhar, ao "arejar" e "limpar o pó" a posts antigos, e assim sozinhos em salas fechadas.

O vencimento seria algo a ser discutido através de vias mais privadas, mas ainda assim andaria à volta de um certo... hum... "almoço de luxo" que anteriormente foi discutido entre nós, em terras de Ulissipo. :P

Sem mais, esperando uma resposta sua, com os melhores cumprimentos,

Excelsior

Tuesday, August 28, 2007

Votações & Avisos à Navegação

...E lá acabou a tal votação que aqui fiz... (Ainda bem, já não podia ver aquela coisa "pendurada" ali...)

...Então, 19 votos, 18 dos quais, "sim"...? Vocês querem MESMO uma playlist minha aqui...? OK... depois não se queixem... 0:) ...

É que vai ter tudo o que me lembrar mais três tostões... E eu vou pôr aquilo em tocar automático, mal se aceda a esta página... E para vocês terem de levar com TODAS uma vez que seja, eu vou andar sempre a trocar a primeira música... E só para ser chato, ainda ponho o player lá ao fundo da página, para demorar mais a conseguir desligá-lo... :>


...Boa? :)


PS: Um grande obrigado ao único que votou "Não nos chateies"... Eu sempre pude contar contigo! Mas desta vez, foi um esforço inglório... :S

Ah. Aproveito para avisar que não estranhem se o meu "output bloguistico" ficar reduzido drasticamente... (42 posts, só no mês de Agosto? Eh lah...) Outras situações me chamam, e... enfim... os recursos de tempo, energia, ânimo, whatever, não serão os maiores. Se menos posts fizer, se menos comentários por aí largar, não estranhem...

Também, qualquer pessoa que tenha interesse em manter contacto comigo, saberá fazê-lo, sem ter de recorrer a "isto" aqui... :)

Até.

Monday, August 27, 2007

"Captain" (and only crewman)'s Log

It has begun.

The hull integrity is compromised. Integrity fields aren't holding it anymore, despite diverting energy even from life support. The shear tension of the high warp factor, now that the ship has returned to normal space, is dilacerating the ship itself. System failures are appearing all over the ship. Multiple efforts are been made to repair it, but it's simply too many too big. A repair in one sector is followed by many more new problems. System cascade failure is imminent.

The warp generator is starting to dissembalance. The matter/antimatter ratio is not being compensated. The warp field is fluctuating. Starboard nacelle is starting to rip itself out of the fuselage.

The sound of the hull, slowly tearing itself apart, is eerie.

...And the warp factor is starting to decrease...

As I look into the threshold, already ahead, I cannot help but to think...

...I may go... but the spectacle of this ship, going away, in this last flight...

...oh, it's going to be a sight worth seeing!

(...maybe not.)

Instantes ("...for soothing rain...")

...E durante determinado período, o contínuo do Espaço/Tempo, linear e inexorável, foi torcido, tornado numa espiral...

...e a minha percepção dele, alterou-se. Por momentos, estive aparte de tudo, livre de todos os pesos, de todas as mágoas, de todas as exigências...

...asas de chamas, tornaram-se, num abraço, em asas de luz, quente, suave, envolvente...

...Nesta "realidade paralela", neste "outro caminho", eu senti ser tão natural pertencer... Como se sempre tivesse estado "ali"...

...E a espiral do Espaço/Tempo desenrolou-se, e o inexorável prosseguir do seu contínuo, recomeçou...

...e as asas voltaram a ser Chama ardente...

...mas em mim trago a memória desse momento... e do "caminho" para lá voltar... E, lá, pertencer...!

Saturday, August 25, 2007

"...to dream again..."



Nightwish
"Nemo"


This is me for forever
One of the lost ones
The one without a name
Without an honest heart as compass

This is me for forever
One without a name
These lines the last endeavor
To find the missing lifeline

Oh how I wish
For soothing rain
All I wish is to dream again
My loving heart
Lost in the dark
For hope I`d give my everything
Oh how I wish
For soothing rain
Oh how I wish to dream again
Once and for all
And all for once
Nemo my name forevermore

My flower, withered between
The pages 2 and 3
The once and forever bloom gone with my sins

Walk the dark path
Sleep with angels
Call the past for help
Touch me with your love
And reveal to me my true name

Oh, how I wish...

Nemo sailing home
Nemo letting go

Oh, how I wish...

-------------------------------------

(Mais do que uma letra, um Sentir, que voltar a ouvir esta música, a certas horas, em certos locais, ontem, redespertou... Um desejo de deixar a minha consciência, e o meu corpo, e o meu ser, voar... no Tempo, e no Espaço... até...!)

Friday, August 24, 2007

...Erros...

Esquerda é direita
Cima é baixo
Azul é vermelho
Som é silêncio
Toque é solidão
Sonhar é realidade
Querer é ilusão
Compromisso é traição
Dúvidas são certezas
Sedução é derrota
Liberdade é prisão
Amargo é doce
Não querer é ter
Prisão é liberdade

...Afirmações, são meras interrogações.

A significância do que escrevi, é irrelevante.

:)

Thursday, August 23, 2007

Esquerda? Direita? Naaa... CENTRO...

E continuando nesta toada informativa, aqui nesta excelência de conteúdos que é a Transwarp Drive Blogo-Difusão Japonesa, apresento uma reportagem que os meus colegas da RTP fizeram.



(...De alguém que quase todos os dias tem que conduzir em autoestrada uma série de quilómetros... eh pah, VEJAM E APRENDAM! Possa! Atrasos de vida...!)

...E foi mais um momento informativo. Aqui, na TDBDJ. Boa noite.

(Como sigla, resulta mal, não?)

Gatos, Pântanos, e o Primeiro

Segundo a minha Comentadora Residente (la tres belle Kakau), o nosso Primeiro, o engenheiro-que-não-é-mas-gostava-de-ser (ou alguém gostaria, por ele), anda a passear pela blogosfera.

Não tendo como saber mais sobre isso (andei a "cuscar", mas nada vi...) assumo a minha faceta de inculto desinformado, apenas cito a minha comentadora residente, e, tendo em conta que apenas esse facto (o ele andar a vigiar a blogosfera) poderia justificar o número exagerado de visitas e pages no meu blog...

...como já tinha prometido antes, aqui vai aqui um "mimo", só para ele:

Wednesday, August 22, 2007

Anúncio:

Estive a andar por certa e determinada página do Hi5...

...e depois olhei para a minha...

...e voltei a certa conclusão, desta vez, com uma "adenda" na ponta:

Mais do que de uma máquina digital de jeito...

...Fotógrafo(a), precisa-se!

:P


(...Que pobreza de fotos, a minha "galeria"...)

...Yeah... Must be...



Chk Chk Chk
"Must Be The Moon"


1 drink 2 drinks 3 drinks 4
she had eyes that I couldn't ignore
chatted her up out on the dance floor
she was out of cigarettes so I walked her to the store
skirt pulled up pushed up against the wall
but she pauses just the take a call
Joanne says "girl, what the fuck are you doing?
all these boys are gonna be your ruin."

now I can't help but overhear
as I'm kissing from her neck to her ear
well if any of them meant it i'd mean it back
it never meant anything but a case of the clap
girl please let me call you back
y?
cuz it's all beginning to sound like a rap

sometimes it's just one of those nights
ain't you never had it happen to you?
then you go home to soon go home to soon

you could blame it on the music
but it wouldn't be right
cuz I've gotten lucky to some pretty bad tunes

must be the moon
must be the moon

kissing in the cab on the way back cross the bridge
she said "love is love but a fuck is what it is"
"and what's that?" she must have read my mind
cuz she looked in to my eyes and she said "a good time"
she kissed me on the stairs and she kissed me on the porch
she kissed me as I fumbled with the key in the front door
1 time 2 times 3 times 4
but really who was keeping score
we did it on the bed and we did it on the floor
but I was surprised when I got the cold shoulder
(the next morning)
she said 'you just got me hot, I finished off while you were snoring"

-----------------------------

:D

(...Porque nem sempre de metáforas e meios sentidos e analogias vive este blog...)

...

0:)

...Bom amanhecer... ;)

Tuesday, August 21, 2007

No meio de um Jogo de Xadrez

Eu tenho tido, em particular de há uns quantos anos nesta minha precocemente longa vida, para cá, a sensação de estar constantemente num jogo de Xadrez com o "Destino".

...Esta Entidade, vaga e discutível, assume-se perante mim como aquele jogador que sabe todas as tácticas e mais umas, prevê e projecta 20 jogadas à frente, e mais umas quantas, em simultâneo...

...E olha para mim com um olhar enigmático, e ar de gozo...

(...E eu que não jogo um jogo de Xadrez desde o meu 9º ano!)

...E este "mestre" não me quer simplesmente fazer Xeque Mate... Ele quer tirar-me peça a peça, uma por uma, do tabuleiro, até ficar apenas eu, no meio do dito...

...E o jogo tem sido longo, e eu bem que me esforço! E monto investidas, posiciono peças, e tal...

...Só que, quando vou para avançar, pimbas, ele desmonta-me a estratégia e leva-me mais uma peça ou duas pelo caminho (começam a sobrar-me poucas...)

...Nesta altura, eu olho bem para o alinhamento que ele colocou. Ameaçador. Imprevisível. Mas ele não avança. E eu tenho as minhas peças alinhadas para uma investida, quase "desesperada". Estilo, tudo ou nada.

...Mas, ele não avança. E parece colocar a sua linha de defesa, vulnerável.

Bom demais para ser verdade.

...A minha pergunta, é... Qual será a próxima jogada dele?

(Pois.)

Monday, August 20, 2007

Propósito!



Contemplo minha mão.
Vejo garras de fogo.
Sinto, nenhum senão
Em abordar este jogo.

Promessas, cantadas.
Sonho, repetido.
Sensações inflamadas,
Num passear retorcido.

Por tantas vezes achado,
Propósito encontrado.
A fadiga é um fado,
Que deixa de ser sentido.

Asas de fogo, fria chama.
Abertas, orgulhosas.
O caminho há tanto conhecido, clama
Por ser voado, longe de correntes tortuosas.

“Basta!”, grito num último fulgor ardente.
Em passo firme, sigo, urgente.
Olhar determinado.
Por infinitas vezes partido.




Sunday, August 19, 2007

The Shadow Land - Part 3 (Ou a volta do DJ Cocas)

[Foto by "DJ ZiPi, The Master]

...Também se podia chamar "A volta triunfal dos Marretas... toma lá, Vaca Louca"...

...Ou "como ter 3 miúdas lindas a fazerem-se a nós, e nós nada..." by DJ ZiPi.

...É um homem puro, elevado, ele...

...Notas finais:

  • Nunca ir ao Incómodo na Rua das Janelas Verdes... (5€ para ir a um bar morto? Ah, grande Zé que nos fez entrar à borla...)
  • Nós dominámos uma pista, no Vaca Louca...
  • ...O Mercado até é MUITO bom...
E esta é tão pessoal...

  • (Fizeste-me tanta falta. Adoro-te!...)
O quanto adoro Baco. Agora vou para ali ter com Morfeu antes que os efeitos acabem...

Saturday, August 18, 2007

"...Insanity is all around us..."

Ontem aconteceu-me algo, um "desequilíbrio" na "reacção matéria/antimatéria" do meu "reactor".

Teve um efeito curioso. Estabilizado o "impacto" nos "sistemas internos", o "fluxo de energia" produzido gerou na minha "nave" um aumento considerável na minha "velocidade", apesar de tal comprometer ainda mais a "integridade" do meu "casco"....



...Uma solução de compromisso aceitável.

(...Poderia eu soar mais "geek", nas minhas analogias...?)

Em "Modo Neo". Deriva emocional mínima, senão nula.

(...Perguntava eu, há pouco...?)

Agora vou fazer um curto desvio pela minha "Shadow Land"...

"...it doesn't give you reason why..."

(Por algum motivo... ontem... a certa altura do dia, recordei esta música. Por algum motivo.)



Within Temptation
"Angels"


Sparkling angel I believed
you were my saviour in my time of need.
Blinded by faith I couldn't hear
all the whispers, the warnings so clear.
I see the angels,
I'll lead them to your door.
There's no escape now,
no mercy no more.
No remorse 'cause I still remember
the smile when you tore me apart.

[Chorus:]
You took my heart,
deceived me right from the start.
You showed me dreams,
I wished they'd turn into real.
You broke the promise and made me realize.
It was all just a lie.

Sparkling angel, I couldn't see
your dark intentions, your feelings for me.
Fallen angel, tell me why?
What is the reason, the thorn in your eye?

I see the angels,
I'll lead them to your door
There's no escape now
no mercy no more
No remorse cause I still remember
the smile when you tore me apart

[Chorus:]
You took my heart,
deceived me right from the start.
You showed me dreams,
I wished they'd turn into real.
You broke the promise and made me realize.
It was all just a lie.
Could have been forever.
Now we have reached the end.

This world may have failed you,
it doesn't give you reason why.
You could have chosen a different path in life.

The smile when you tore me apart.

[Chorus:]
You took my heart,
deceived me right from the start.
You showed me dreams,
I wished they'd turn into real.
You broke the promise and made me realize.
It was all just a lie.
Could have been forever.
Now we have reached the end.

...E foi mais ou menos há uma semana...

...que coloquei o meu contador, aqui no blog.

Ora deixa cá a ver...

*olhando para cima*

...?

Quê???

'Pera...

Eu estou a ver bem?

  • 242 visitas...?
  • 1178 acessos a conteúdos da minha página (pages)???

*olhando outra vez*

:))))

(Mas espera... O meu blog? O MEU???)

(Vamos a ver...)

(...Eu não falo de política... de ciência... Quase nada, de cultura (música, filmes e afins...) E quando falo, falo numa base pessoal... MUITO pessoal...

...Aliás, todo o meu blog é uma coisa pessoal... "Centrado" em mim, no que sinto, vivo, penso, quem e o que conheço, de forma mais ou menos clara... Oscilante, até...

Sempre pensei que "isto" interessasse essencialmente a quem já me conhece... Ou, quiçá (vá-se lá saber porque raios), quem me quisesse conhecer, travar conhecimento... e raras vezes, pouco mais... O resto, não sentiria qualquer interesse em "cuscar" este espaço, mesmo que cá viesse parar... (para quê...?)

(...Só se for numa dinâmica "Janela Indiscreta"... Estilo: ora deixa cá virar o binóculo para a "janela" do Excelsior, ver o que é que ele faz na sua "privacidade"...)

(...Voyerismos....) :)))

...Se pensarmos que as pessoas que sei cá virem, serão... hum... umas 10... 15, vá, contando com as mais esporádicas...

????

...Bom...

*olhando uma última vez*


...Se este "fluxo" se mantiver...

...hum...

...espero não defraudar as expectativas do meu "público"...

:>

(GLUP!)

Friday, August 17, 2007

(...Painsong!...)

...No Peru, registou-se um sismo de 8.0 na escala de Richter... 80% da cidade de Pisco, ficou destruída... 200 dos 500 mortos verificados até agora, são de lá... O número de feridos ascende a 2000... :(

...Neste espaço, tendencialmente "egocêntrico", quero hoje, aqui, deixar uma prece profunda, por todas aquelas pessoas... As que "foram", e as que ficaram...
"
Jose Flores, de 12 anos, é a imagem do desalento. Junto ao corpo da mãe, caído no passeio, ficou à espera de auxílio."

(...Frase tirada do artigo sobre o acontecimento, no Correio da Manhã Online...)

...! :(

...O lidar com as perdas... materiais (lares, bens, destruidos, perdidos), físicas (ferimentos, marcas, limitações...) emocionais (familiares, que se foram, que se perderam, que sobreviveram, mas sofrem!...)

...O recuperar, o reconstruir, em condições tão limitadas, tão difíceis...

...É um nível de sofrimento que mal consigo começar a conceber.

...De coração, de alma, com tudo o que tenho e posso dar, lanço uma prece, de Luz, de esperança, de profundo desejo de alívio, de cura...

...Porque cito este acontecimento, entre tantos outros que poderia "escolher", num mundo pontilhado de insanidade e sofrimento, a níveis por vezes inconcebíveis, e pior, quantas vezes causado pelo próprio Ser Humano...?

...De certa forma, ao referir este, ao lançar a minha prece, por toda aquela gente, talvez eu queira chamar a atenção (até a minha!), para todo um Mundo a que pertencemos...

...O quanto ter conhecimento disto, o quanto empatizar, nem que seja um pouco, com tais acontecimentos, relativiza tanto, o que se sente...

...É nestas alturas, que mesmo imerso em desafios e exigências tremendas, com escassez de meios, caminhando ao sabor de cicatrizes, tantas, "ganhas" ao longo de uma vida...

...eu me sinto, apesar de tudo, e tanto, com tamanha sorte!....

Mão sobre o peito, olhos fechados, uma última vez lanço a minha prece...


...E deixo o meu desejo de que, um dia, possa fazer mais do que simplesmente desejar o bem a quem sofre...

...Que o meu propósito, seja eu voltar, de forma activa, a poder AJUDAR...!

(...Tudo o resto é sobejamente irrelevante.)

Thursday, August 16, 2007

"The Power of Sh... Sch... Sxm... (Hã? Quê...? Ah!...) Schmooze Award"


...C'um caneco (citando os já saudosos "Toni e Zezé") para aquele nome... :)

E mais uma vez, a doce Um Momento lembrou-se de mim. E oh p'ra mim a coleccionar "mimos" (usando o termo usado por ela...) :)

...A ideia disto, é mencionar cinco pessoas que nos tenham acolhido na blogosfera.

Citando a grande amiga da Um Momento, a Gasolina:

"Bom... eu fui à procura do conceito original e este braço musculoso significa que devemos indicar quem nos acolheu na blogoesfera, interagindo connosco, fomentando através dos comentários e replys uma relação de diálogo e criatividade levando a que o recém chegado criasse uma reputação e nome reconhecido pelos demais."

Queiram saber mais, vão ao blog dela, onde isto está explicado de forma bem mais pormenorizada, aqui.

Assim sendo, vamos lá a esta tarefa...

..."Nomeio"...

  • Belinha, que foi oficialmente a primeira pessoa que deixou um comentário, no meu blog. Recordo-me de olhar para a notificação, na minha inbox, assim mais de dois segundos, a tentar perceber o que aquilo era... :)))
  • Cookie, que, como já disse, foi a primeira pessoa a comentar de forma mais activa, neste simpático "estaminé"... :P
  • kakauzinha, que é aquela que carinhosamente chamo de "comentadora residente" do meu blog... :)
  • CLARO que devolvo a nomeação à Um Momento... que é a mais que principal responsável pelo meu "poiso" estar a ser catapulado a velocidades supra-luz pelas "espirais interiores" da "galáxia blogosfera" lusa... :)
  • Velha (AKA velha_sem_dentes) que me "mimou", dedicando-me um post inteiro no seu cantinho, absolutamente "ao lado", de ir às lágrimas de tanto rir, quando descobriu que eu era o Locutor do chat Bla... :) (Devo a esse post ter sido "desvendado" pela Um Momento...)
Vá. Tarefa realizada. Agora tenho de ir ali chatear-me com as minhas "contendas"...

[Pain is irrelevant. Purpose is everything.]

Wednesday, August 15, 2007

"Querido Diário..." :P

... :)))

...E assim foi, este meu dia de aniversário... :)

...Acordei para descobrir que São Pedro me estava a dar um presente... Uma simpática chuvada descomunal, sobre Ulissipo.



E eu pensei: "Ena. Bom presságio." Em particular, tendo eu de conduzir a seguir...

...Só que, quando saí...


...E a verdade, é que a chuva tinha dado ao ar uma certa leveza, limpidez, e as cores pareciam mais vivas, mais intensas...

...E deliciado, conduzi beira rio fora, sentindo... saboreando... ouvindo a "minha" música...

...Depois, fui a um Restaurante Chinês, na zona de Oeiras. E aconteceu-me lá talvez o momento mais inesperado do dia... :)))

...Apesar da simpatia geral, a verdade é que é normalmente reconhecido nos chineses que trabalham em Portugal uma certa reserva. Restringirem-se muito à convivência com os seus conterrâneos. Só que desta vez, conheci a antítese desse estereótipo. Uma senhora, nova, muito bonita e simpática, que encetava alegremente conversa com os clientes, e partilhava, e queria ouvir. A meio da conversa que estávamos a ter, foi referido que um tio meu sabia falar Mandarim, e eu referi uma querida amiga minha, que adoro, e que estará nesta altura na China, devido a participar num concurso de cantares em Mandarim, e que já tinha 3 anos de aprendizagem da língua. (Um beijinho grande para ti. Sei que costumas ler isto, só não refiro o teu nome, porque não sei se gostarias que o fizesse...) :) A senhora mostrou-se claramente impressionada, já que considera ambas as línguas muito diferentes, em particular na escrita. E eu, já não me perguntem porque raios, referi que a Muralha da China é a única construção humana que é visível a olho nu, da órbita do espaço. A reacção dela foi-me curiosa... Ela agradeceu-me. :)

...E o almoço foi seguindo, e foi referido que eu era aniversariante... E no final, foi-nos oferecido o tradicional licor, sendo-nos dado a escolher um de dois. Escolhendo um, referi que gostava bastante desse...

...À saída, a senhora chama-me. Com uma garrafa daquelas, na mão. Eu penso que, talvez, me vá dizer algo, da marca, da composição, da região de onde é (a senhora era de uma região dos arredores de Pequim, penso.) Mas ela começa a dar-me conselhos sobre a conservação do dito. E eu a pensar para mim, a tentar perceber porquê. E ela passa-me a garrafa para a mão, dando-me os parabéns. Eu sorri, e agradeci, sem jeito. Mais ainda, quando ela se chega a mim, e dá-me dois beijinhos, e um abraço. Eu novamente agradeci, meio atónito. Espero que ela não tenha interpretado mal a minha aparente falta de reacção, mas fiquei sem palavras.

Se a ideia era ganharem um novo cliente, foi em cheio! :) É que para além da simpatia com que somos recebidos, a cozinha é muito boa! Voltarei lá de certeza. E aconselho todos a ir ao [nome a acrescentar, mal o recorde], na [morada a acrescentar, mal a consiga.]

...E o dia seguiu... e voltei... E obrigado, sério, a todos os que por aqui passaram e me deixaram os votos de parabéns... e me fizeram sorrir, tanto... :)

...E, para terminar o relato de um dia suave, agradável, calmo, sereno...

...Fui novamente comer fora, ao jantar. E, durante todo o jantar, uma criança, linda, uma menina de 8 meses, "engraçou" comigo. Virava-se para mim, ria-se, cada vez que eu falava com a minha companhia, ria-se outra vez, deliciada, e chamando-me a atenção. Uma menina lindíssima, de nome Maria.

...Que me recordou algo que o meu Pai me contava, de mim, quando era bebé. Que eu sorria, ria, para tudo e todos... Pessoas, animais, e crianças...

...Confesso que fiquei completamente derretido... Só posso desejar, de alma e coração, toda a felicidade do mundo para aquela criança, e a sua muito cordial e simpática família...

...Para o fim... recordo... dois momentos... Tão separados, no tempo... Com as duas pessoas mais marcantes, da minha vida, até esta altura...



...Carolina... Adoro-te. Desde o primeiro dia que te segurei nos braços... :)

...Pai... Amo-te... amar-te-ei sempre... Até ao último dos meus dias... com uma gratidão infinda... Por... por... tudo!...

...

Happily N'Ever After


(...Uma forma... como qualquer outra... de assinalar... esta hora...)

(...Agora vou ali... para a noite... e para "aquele sítio"... Na companhia de uma bebida...)

(...E já não é mau...)

...

Tuesday, August 14, 2007

...!!!



(Thanks. I was needing that. Citando uma certa música... "People like you just fuel my fire!"...)



Prodigy

"Fuel My Fire"

I've got a word of thanks
Thanks that I'd like to say
For the rage that I feel
The rage that I feel today
Gotta stack, Gotta stack
Stack of chips on my shoulder
In everything I do
cause I made, I made, I made
the mistake, of trusting you!

[CHORUS]
Yeah, people like you just fuel my fire
Yeah, people like you just fuel my fire
Yeah, people like you just fuel my fire
People like you just do!
Ya' liar......Ya' liar......Ya' Liar......Ya' liar!

Yeah, my layers are thick
And I got a bad attitude
Yeah, that knife in my back
Has fingerprints that belong to you
Got a grudge, Got a grudge
Got a grudge that I'm holding for as long as I live
`Cause you lied, You lied, You lied to my face
And that's something that I can't forgive

[CHORUS]
Yeah, people like you just fuel my fire
Yeah, people like you just fuel my fire
People like you just fuel my fire
While people like you just do!
Ya' Liar......Ya' Liar......Ya' Liar......Ya' Liar!

"Blog Day Cinco Estrelas"


(...Eu bem queria, assim, estilo, passar despercebido... Que "isto" fosse um canto para quem, essencialmente, estivesse mais próximo de mim...)

(...Mas, pronto, vá-se lá saber porquê, aquilo que escrevo parece ter um "poder" maior do que aquele que eu lhe reconheço... A Maior de todas as Provas é-me dada por alguém que está muito mais imersa no mundo da blogosfera do que eu alguma vez estarei, e ainda assim, já não é nem a primeira... nem a segunda, nem a terceira vez, que me "catapulta" para a "ribalta" do dito mundo... A Doce Um_Momento...)

(...Assim algo sem jeito, vejo-me então no meio de uma destas iniciativas de blogs... Atribuição de prémios e distinções...)

(...A queridissima Um_Momento achou que este meu espaço pessoal, de improviso e de "terapia", para mim, merecia uma nomeação para esta iniciativa... "Blog Day Cinco Estrelas", que teve origem no blog Nada pra mim.)

...Será então a minha vez de fazer algo que faria de qualquer forma... mas agora o "timing" não podia ser o mais ideial.

"Nomeio"...


  • ...A Cookie, nomeio-a por ter um espaço lindo, em que, tão claramente, se segue o crescimento de uma menina, em mulher, assim aos poucos, e com todas as fases, paixões, profundidades e ligeirezas, típicas de tal... (E foi a primeira pessoa assim a participar com alguma regularidade neste meu espaço que, durante tanto tempo, foi de monólogos...)
  • O Chat de Vida, por ser um espaço de tudo e mais alguma coisa, caótico e delicioso na sua diversividade... Dá gosto passear por lá, quer de forma irreverente, quer com uma postura mais séria e ponderada...
  • A kakauzinha, pelo seu espaço ser, por reflectir... entre tanta coisa... a incrível maturidade de uma eterna juventude, de uma menina, muito bonita, que ousa, vendo tudo o que já viu e verá... sonhar. "Ler-lhe" a alma, é bálsamo para uma alma precocemente envelhecida...
  • A Jasmim, exactamente porque o espaço dela é, aquilo que ela já me disse, sobre o interesse de seguir o espaço de outros... Uma forma de auto-descoberta, quer pela leitura das palavras dos outros, quer pela leitura das nossas próprias palavras...
  • ...E se há caso para dizer que os últimos, são os primeiros... A minha querida Um_Momento, nomeio-a... porque... ah!, por ser quem é, um Mundo!, e o seu espaço, um imenso Mundo, aliás, todo um Sistema Solar, onde míriades de corpos celestes e viajantes não se dispensam de percorrê-lo, de forma constante, e de tentar conhecê-lo, sem nunca realmente o conseguirem fazer na totalidade, já que tal Universo, é tão, tão vasto... E ainda assim (ou por isso mesmo), tão simples...
Para terminar... (Não que vos esteja a dizer para me seguirem o exemplo...) Aqui deixo o regulamento de tal actividade. ;)

Prémio blog 5 estrelas

1. Podem participar na votação todos os bloggers que mantenham blogs ativos há mais de um mês [os outros esperem por outra ideia brilhante que alguém irá ter].

2. Cada blogger deverá referenciar cinco nomes de blogs. A cada menção corresponde um 1 voto.

3. Cada blogger só poderá votar uma vez, e deverá publicar as suas menções no seu blog [da forma que melhor desejar], enviando-as posteriormente para o seguinte e-mail: elzinhalinda@gmail.com. No e-mail, além da sua escolha, deverão indicar o link para o post onde postaram as nomeações. A data limite para a publicação e envio das votações é dia: 27/08/2007.

4. De forma a reduzir alguns constrangimentos [e desplantes], e evitar algumas cortesias desnecessárias, também são considerados votos nulos:
- Os votos dos blogger(s) em si próprio(s) ou no(s) blogue(s) em que participa(m);
- Os votos no blog Nada pra mim.

5. Cada blog que for indicado ou indicar, deve conter de onde veio a origem do concurso, ou seja deverão manter um link para este blog (Nada pra mim) afim de que outras pessoas possam conhecer a idealizadora da idéia.

No dia 31.8.2007 serão anunciados os vencedores.

...and I feel...



U2


"Numb"


Don't move
Don't talk out of time
Don't think
Don't worry
Everything's just fine
Just fine

Don't grab
Don't clutch
Don't hope for too much
Don't breathe
Don't achieve
Or grieve without leave

Don't check
Just balance on the fence
Don't answer
Don't ask
Don't try and make sense

Don't whisper
Don't talk
Don't run if you can walk
Don't cheat, compete
Don't miss the one beat

Don't travel by train
Don't eat
Don't spill
Don't piss in the drain
Don't make a will

Don't fill out any forms
Don't compensate
Don't cower
Don't crawl
Don't come around late
Don't hover at the gate

Don't take it on board
Don't fall on your sword
Just play another chord
If you feel you're getting bored
I feel numb
I feel numb
Too much is not enough
I feel numb
Don't change your brand Gimme what you got
Don't listen to the band
Don't gape Gimme what I don't get
Don't ape
Don't change your shape Gimme some more
Have another grape
Too much is not enough
I feel numb
I feel numb
Gimme some more
A piece of me, baby
I feel numb
Don't plead
Don't bridle
Don't shackle
Don't grind Gimme some more
Don't curve
Don't swerve I feel numb
Lie, die, serve Gimme some more
Don't theorize, realise, polarise I feel numb
Chance, dance,dismiss, apologise Gimme what you got
Gimme what I don't get
Gimme what you got
Too much is not enough
Don't spy I feel numb
Don't lie
Don't try
Imply
Detain
Explain
Start again I feel numb
I feel numb
Don't triumph
Don't coax
Don't cling
Don't hoax
Don't freak
Peak
Don't leak
Don't speak I feel numb
I feel numb
Don't project
Don't connect
Protect
Don't expect
Suggest
I feel numb
Don't project
Don't connect
Protect
Don't expect
Suggest
I feel numb
Don't struggle
Don't jerk
Don't collar
Don't work
Don't wish
Don't fish
Don't teach
Don't reach
I feel numb
Don't borrow Too much is not enough
Don't break I feel numb
Don't fence
Don't steal
Don't pass
Don't press
Don't try
Don't feel
Gimme some more
Don't touch I feel numb
Don't dive
Don't suffer
Don't rhyme
Don't fantasize
Don't rise
Don't lie
I feel numb
Don't project
Don't connect
Protect I feel numb
Don't expect
Suggest

Don't project
Don't connect
Protect I feel numb
Don't expect
Suggest

I feel numb

--------------------------------

(...proceeding.)

Monday, August 13, 2007

TRIGUN ("Forgive me...")

...Tenho-me recordado, muito... desta série. Em particular... este personagem...

...Vash.


Numa altura em que a minha "nave" avança, e a velocidade exigida já faz os "motores" tremerem, e a "integridade do casco" ficar comprometida, faço uma pequena pausa, para...

...recordar...


Eu aprecio, consoante a temática e a série, Anime. Os famosos desenhos animados japoneses ditos "adultos". (Por favor, não confundir com Hentai... Não são adultos DESSA forma.) :P

E, aquando da estreia do canal Sic Radical, uma das séries que só a meio me chamou a atenção, foi esta... TRIGUN.

Vi-a uma vez, incompleta. Arranjei-a depois, e vi-a mais duas vezes.

De cada uma das vezes, a série mexeu cá dentro. Tanto ou mais do que da primeira vez.

A personagem... Vash... Eu assustadoramente identifico-me com ela. Com tudo. A postura, a maneira de ser, tolo, fundamentalmente "ingénuo", bem intencionado, muito pouco sortudo, tão... tão solitário, naquilo que percorre, naquilo que sente.... no fundo, naquilo que é...



...e na dor, nas cicatrizes, internas e externas, que carrega. Que só quem saiba perder dois segundos, e olhar uma vez mais, com outra atenção, poderá perceber.


...Ele vive por uma promessa... sofre, por uma promessa... Num mundo árido, seco, cruel... Com uma atitude tola, pateta, sonhadora, romântica, corajosa...

...por uma memória, à pessoa que mais amou. A quem mais deve. Há uma vida atrás.






...A única coisa que o mantém ligado a ela. Que ele sente mantê-la viva.
E até isso lhe é tirado. Usurpado. Tanto. Mas ele consegue. No final... ele consegue.

Uma coisa qualquer. Mas consegue.




(...perdoa-me, Pai... não consegui manter a promessa... que na verdade, nem te consegui fazer, por mais que ma tenhas pedido...)

(...tenho tantas saudades tuas, Pai!...)

(...desculpa-me, tanto, por tudo... por quem me tornei. e por quem não consegui ser.)

Sunday, August 12, 2007

The Shadow Land - Part 2 (Or Version Georges Rose)

E lá fui eu. :)

...Com o meu disfarce de "rapaz de vinte e poucos" (obrigado, Fátima), lá fui eu para o meu "poiso" nocturno"...

...E é oficial, tenho de atribuir o "Prémio Quadrados" a todos os meus amigos, er, "reais". :P


(Eu sou p'raí um hexágono, ou um octaedro...)

:P

Não tem mal, porque acho que aprendi hoje a "lição kakauzinha" (como nos divertimos, sozinhos, na noite.)

...Ao som de alegria, ritmos, luzes... Invisível, no meio da pista... Lançando o corpo em movimentos livres, ondulados, ritmados, insinuantes... Sentindo a corrente de ar, acariciando a minha pele, húmida... Sorrindo, de olhos fechados...

(...Bagazita, já consigo voltar a fazer "descidas"!) :D

...O resto? Que se (CENSURADO)!

Logout.

INATEL 2007 (Take 12, porque não estive para ir ver pinguins ontem, ou "Tonight, we dine in HELL!")

E assim foi, o meu último dia nesta minha "extravagancia" a que me permiti, que foi ir a (quase) todos os filmes da Festa do Cinema do INATEL.

...Sobre este filme... e que forma, de fechar, com ouro e platina, tal iniciativa... tudo o que disse no meu post "300", mantém-se.

Aparte alguns reparos e acrescentos, desde a altura em que o escrevi.

Desde então, tenho vindo a "passar" por determinados estágios.

Inicialmente, uma fase de "redenção". (À ajuda involuntária que a Japonesa me deu, para recordar esse meu "caminho", fica a minha mais uma vez repetida gratidão.)

...Seguiu-se um estado de "aceitação". Citando uma frase por mim muito repetida, de há uns tempos para cá, "as coisas são como elas são".

Agora? Estou numa fase que... nem parca imitação é, a da motivação dos homens desta história... mas ainda assim, é "propósito".

E terminando, esta minha "senda" a que me propus, a última que me restou, das que encetei há mais de 13 anos...

...talvez eu tenha uma inflexão, um acrescento, no meu propósito. Talvez eu volte a dar uma forma de sentido real à minha vida. Como já teve. Outrora. Há uma vida atrás.

Friday, August 10, 2007

INATEL 2007 (Take 11. Quando até o sonho é negro...)

..."O Labirinto do Fauno"...

...Filme cinzento... cruel... curioso, na abordagem... de que, quando a realidade se nos apresenta tão crua, tão fria, até a fantasia onde nos resguardamos, se revela igualmente negra...

(Facto que em mim ressoou, na memória. Bastante.)

...Não que, neste caso, a fantasia ser realidade não seja uma hipótese muito mais forte, que a de ser tudo fruto da imaginação da personagem Ofélia... Vários sinais como que o confirmam.

Mas o f
inal... Se tudo, no fundo, fosse um sonho... a última fantasia dela, enquanto o sadismo da vida e do ser humano lhe cobrava o último preço, é um sonho de retornar ao lar. Onde é recebida com amor, puro. Incondicional. Imersa em Luz...

...Pergunto se comigo será assim. Se só irei recuperar a noção de "lar", quando tudo terminado... E numa fantasia.

Thursday, August 09, 2007

...Contínuos...


Palavras que não se explicam...
...toques, que se intensificam.

Momentos, que se criam.
Contíguos, não isolados.
Alinhados, eles construíram,
...o maior dos "pecados"...

...Ousar sonhar.
Ousar acreditar.
Ousar querer.
Ansiar por deixar de sofrer.

Por não directamente te poder responder...
...aqui fica, parca tentativa...
...vinda, da minha alma, sem muito bem a entender.
De forma quase altiva...
...fizeste-me voltar a querer!...

INATEL 2007 (Take... 10? Não sei. Hesito.)


"O Filme Da Treta"...

*tentando começar a escrever...*

*...recordando o filme...*

...

...HAHAHAHAHA!...

...hahhahah...

...HAHAHAHAHAHAHAH... :D


...*recuperando o fôlego*...

(...vá, nova tentat...)

...pfff...

...HAAAAHAAHAHAHAHAHAHAHAH....!!! :)))

*...limpando as lágrimas do canto do olho...*

...heh... heh heh...

...Oh pah, dois filmes hilariantes no espaço de 48h...? :))) Exactamente o que o médico recomendou...

...Aliás: eu acho que isto é o mais próximo que temos em Portugal, com os Simpsons... :))) Ambos são um gozo exagerado e caricaturado aos estereótipos do respectivo país, c'um camandro, c'um catano, c'um escafandro!...

(O resto? Irrelevante. Siga.)

Wednesday, August 08, 2007

"...Warp engines, warming up... Take us out..."

And so it begins. Today. Again. One last flight.

Excelsior's last flight.

Sou uma pessoa que encontra força, e estruturação, no recorrer a "imagens", analogias, formas figurativas para descrever e organizar, pelo menos para mim mesmo, o momento que estou a viver.

Nesta altura, sinto que depois de uma muito breve estadia numa "doca espacial", a minha "nave" tem, hoje, de alçar voo, novamente. Os motores estão longe de estar na melhor das condições, e a integridade estrutural do casco é, no mínimo, precária.

Mas há que voar. Um último voo. Um reunir de tudo do que resta em mim (tão pouco!...), para uma última jornada. E tanto pode resultar num desfecho feliz, como numa "explosão" a meio da viagem, acabando eu "à deriva". Ou pior. E nesse caso, não haverá rede de segurança, não há "equipas de resgate". A nenhum nível.

Citando aquilo que me tem sido dito: "com o depois, preocupar-me-ei depois". (O meu Pai dir-me-ia "a cada momento, a sua preocupação".)

Uma última imagem de mentalização... Uma que (ache-se ridículo, até), me transmite focalização. Percepção. Um estado de saber, a cada segundo, o que fazer a seguir. Cada movimento, a efectuar. Cada decisão, a tomar. Sem demonstrar qualquer forma de desconcentração. De deriva emocional. Com nada.



O meu "Modo Neo".

(...e eu que até tenho uma roupa assim...) :P

INATEL 2007 (Take 9, ou "o filme dos cortes") & Apartes

E assim, um pouco contra a corrente do programa da Festa do Cinema do INATEL 2007, hoje vimos um clássico do cinema de suspense, realizado por um dos maiores de sempre, o Sr. Hitchcock.

Primeira observação: eu sou daqueles que pensa que, para escolher uma das obras de Hitchcock, poderiam ter optado por algumas melhores. Sim, OK, Psycho é uma das, senão a, mais emblemática e mimetizada obra dele... (Já perdi a conta a quantas variações da cena do chuveiro vi, nas mais diversas formas...) Mas, não será o mais envolvente, o mais imprevisível, ou sequer o mais credível. Mesmo à luz das técnicas da época.

Como uma grande apreciadora de Alfred Hitchcock, com quem comentei isto, me disse, poderiam muito mais ter escolhido filmes como "Intriga Internacional", ou "Os 39 Degraus". (Eu aqui acrescentaria, por motivos puramente pessoais, o "Janela Indiscreta"...) 0:)

Mas vá lá: não foi aquele que considero a maior nódoa na carreira do senhor... O "Pássaros"!

Segunda observação: poderiam ter arranjado uma fita com menos cortes. É que para além das personagens, a própria bobine aparentava ter sido esfaqueada, e depois mal colada. Algumas cenas ficaram ridiculamente interrompidas, assim como as falas. (Resquícios da censura? Uma fita perdida nos "arquivos culturais" da "tão saudosa" PIDE?)

E agora, apartes...

Primeiro aparte: uma coisa que me esqueci de mencionar no meu post "Maresia", e que tem tido desenvolvimentos... Quais fisioterapeutas, quais quê! Nada como ter de apanhar uma miúda de quase cinco anos, a correr livre pela praia fora, para nos pôr a correr outra vez! :D

Segundo aparte: Não sei se o recado será lido pela destinatária, mas para uma certa "Festa" que voltou a passar, assim de raspão, pela minha vida... Cumpri e continuo a cumprir com as promessas que te fiz, o que me disseste para fazer.

Tuesday, August 07, 2007

INAT... (Hã? Ah, não...) 0:)

Pois é.

Numa altura em que eu estou a ver mais filmes por "metro quadrado" do que alguma outra vez na minha vida, adivinhem o que fiz no único dia de folga do INATEL...? Pois está claro: fui ao cinema. :D

...Os Simpsons. O Filme. Em 2-D! :))) E que é que se pode dizer, que sintetize bem o filme...?

...A sensação com que se fica, é que os criadores "espremeram" o melhor de quase 20 anos da série, naquele filme.

Delicioso! :)



E siiiim... Fiquei membro do "Clube de fãs do Spider Pig". :P

PS 1: Agora o único pensamento na minha mente, é... "para quando Futurama, o filme"? :> (Acho que esse, então...) :D

PS 2: Por favor... alguém que tenha visto filme, diga-me que NÃO FICOU até ao fim... (Eu? Repetitivo? Naaaaaa...) De preferência, uma daquelas pessoas que passa a vida a "dar-me na cabeça", e a deixar-me sozinho na sala a ver os créditos finais... Sério... Diga lá... :>

Monday, August 06, 2007

INATEL 2007 (Take 8, ou "sai uma dose de Clooneys ali para a kakauzinha do canto!") :>

(Obviamente que o post de hoje tinha, obrigatoriamente, de ser dedicado à La tre belle Kakau, a "comentadora residente" aqui do meu estaminé...) :D

Ocean's 13. Não há muito a dizer sobre o filme. :) Divertido, bem congeminado. Talvez o mais "linear" dos 3 filmes, a nível do plano concretizado. Mas tem twists suficientes para nos fazer sorrir. ;)

A minha querida amiga kakauzinha teria ficado deliciada o filme todo, assim como outras pessoas que conheço, que para além do senhor Clooney, também teriam "ficado com calores" com o shôr Pitt, e afins. :P

...Eu pessoalmente senti assim falta da Catherine Zeta-Jones, e tal... :(

O:)

Como que para rematar, a menina Kakau leva com mais uma dose de fotos do seu copo de café preto favorito... :>



(Só tu me farias fazer isto!... Andar a pôr fotos dum gajo, no meu blog...) :P :)

Sunday, August 05, 2007

"...Ignorance is bliss"



...*um certo semi-sorriso*...

...Porque, por vezes, só o orgulho nos resta... :)

The Shadow Land

...durante as últimas horas, estive, inebriado (anestesiado) sob o efeito do "néctar de Baco", no Plateau.

olhos, fechados, deliciado com a sucessão de músicas. deixando-me voar, ao sabor dos meus próprios movimentos.

fiz as pazes com a música dos anos 80... :)

...quatro pessoas, três das quais com importância profunda na minha vida, acompanharam-me nessa noite. o nível de gratidão que tenho a qualquer uma das quatro, é incomensurável.

...o problema, é sentir os efeitos do tal "néctar", a desvanecerem-se... e estar a começar a sentir o que até agora, me bloquearam...

...e temer o depois.

whatever.

INATEL 2007 (...take 7...)

"...O Segredo de Terabítia..."

...Convencido que seria um filme de fantasia, ligeiro, adolescente, quase infantil... completamente descontraído e sem expectativas, vi-o... e durante grande parte do filme, vi-o com dois pensamentos...

...O quão bom, é recordar...

...E o delicioso que deve ser, encontrar alguém que viva, sinta as coisas, como nós as sentimos... Poder partilhar, de forma tão plena... Onde se arranja isso...?

...E o sorriso no meu rosto era leve, alegre...

...A partir de certa altura do filme, recordei outra coisa. E já não senti, nada, que era bom recordar.

Atingiu-me como um soco no estômago.

Durante largos momentos, nunca agradeci tanto a escuridão de um cinema.

Tive, sim. Noutro "registo", mas tive alguém assim.

Nunca mais.

Nunca mais.

Saturday, August 04, 2007

INATEL 2007 (Take 6. Essencialmente, só para "picar o ponto".)

Simplesmente não me "encheu as medidas", por assim dizer.

Deu para sorrir, e rir, uma ou outra vez, mas citando uma das minhas companhias de hoje, "os americanos definitivamente não percebem de comédia". Não serei assim tão redutor... (Jon Stewart, Jerry Seinfeld, vêm-me assim de repente à mente...) Mas quando eles entram naquele esquema "americanizado"... enfim.

Nunca esperei dizer isto, mas gostei incomparavelmente mais do Senhor Feijão Em Férias. :P

(...Amanhã... Plateau...)

... :)))